Maquinas de costura

Neste artigo, vamos guiá-la passo-a-passo no mundo das maquinas de costura, portanto a partir de agora você poderá encurtar calças, fazer um cachecol, costurar uma roupa e muito mais para você, para seu filho e marido sozinha, em casa e sem qualquer dificuldade. Obviamente usando a máquina de costura que melhor se adapte às suas necessidades. Além de fornecer informações sobre as características técnicas, vamos oferecer-lhe uma visão abrangente sobre os principais produtos no mercado.

Este guia destina-se a informá-la e orientá-la, assim você poderá escolher a melhor máquina, baseado no uso que irá fazer.
As máquinas modernas ainda recordam as antigas em algumas funções, como o pedal, mas hoje são totalmente automáticas e muito mais simples de usar.
Um motor elétrico foi inserido no seu interior para facilitar o trabalho das costureiras.

Na tabela presente no próximo parágrafo, vamos comparar diferentes modelos, destacando as características mais importantes a considerar no momento da escolha do produto.

Comparação das maquinas de costura:

A maquina para costurar melhor

No mercado, temos muitos modelos de maquinas de costura. Existem modelos que diferem em estilo, alguns assemelham-se a máquinas de costura antigas, enquanto outras têm um estilo moderno. Em tema de design, as casas de produção, não podendo variar muito as funções, concentraram-se na criatividade estética e outros aspectos. Na impossibilidade de fazer um ranking das melhores máquinas de costura em geral, apresentaremos uma pequena classificação com base em nossa experiência:

Como você pode ver pela nossa seleção, a escolha de uma maquina de costura depende também da fábrica. Existem algumas marcas um pouco superiores às outras, não só pela qualidade, mas também pela sua história. Isso não significa que sejam necessariamente as melhores, mas simplesmente que acreditamos que possam ser uma escolha certa de acordo com o orçamento que você tem à disposição.

Como escolher a máquina de costura

Escolher uma máquina não é simples, mas nossos conselhos poderão ajudá-la. A escolha deve ser feita com base em vários fatores, que vão da experiência em costura ao nível de utilização, até à preferência de uma marca em detrimento de outra. Um dos principais fatores todavia é o preço. Excluindo-se os modelos muito económicos ou uma máquina portátil de viagem, se nos orientarmos para um bom modelo, o custo ultrapassa certamente os 150 euros, enquanto as máquinas de costura profissionais têm preços que excedem 500 euros.

Outro fator a ser levado em conta para escolher a máquina mais adequada às próprias exigências é o tempo de uso. Se você planeja usar a maquina de costura várias vezes por semana ou pelo menos durante várias horas por dia, deve orientar-se no sentido de um modelo ao menos semi-profissional. Aquelas para uso doméstico, um pouco mais económicas, ao contrário, podem ser adequadas somente a quem utiliza raramente e algumas vezes ao mês. Outro fator importante são as funções e acessórios. Mesmo se você não souber exatamente que uso fará no futuro, é necessário, de todo modo, certificar-se de que a máquina possua algumas funções fundamentais, tais como o caseador semi-automático, a possibilidade de regulação dos pontos, tanto em largura, quanto em comprimento, e a função para o ponto elástico.

Muito importante na escolha de uma maquina também é o tipo de caixa de bobina. A caixa de tipo oscilante fornece desempenhos de menor qualidade e uma durabilidade menor ao longo do tempo em relação à caixa de bobina giratória. Todos os modelos de máquinas de costura industriais, de fato, utilizam a caixa de bobina giratória, para um uso contínuo e abrangente. Existe algum tipo oscilante de boa fabricação, mas nunca pode igualar o tipo giratório. Por fim, mas não menos importante, é a espessura do material a ser tratado. Quer se trate de materiais finos ou materiais mais grossos, são importantes duas coisas. No primeiro caso, o transportador não deve enrolar o tecido, nem ir rápido demais; no segundo caso, o transportador deve ser capaz de não escorregar e é necessário, a este respeito, verificar se o calcador é ajustável em altura.

Que partes compõem a maquina

Uma maquina de costura é composta de vários elementos básicos. Pode parecer trivial, mas o primeiro que deve ser identificado, que geralmente muda de modelo a modelo, é a chave para a ignição. Normalmente de cor vermelha para ser mais visível, mas mesmo isso pode variar, dependendo do fabricante. Depois, há o "porta-retrós". Geralmente situa-se na parte superior da máquina, é de metal ou de plástico e serve para prender o carretel de linha. Outra parte importante da máquina é o "guia-fio", que leva a linha do carretel para baixo até à bobina. Geralmente de metal e é perpendicular à agulha.

Além do porta-retrós, também temos o enrolador de retrós. Trabalha em conjunto com o primeiro retrós, de fato está colocado perto para levar o fio à bobina. Depois, devemos ter os botões para ajustar o ponto. Dependendo dos modelos, muda a posição, mas são botões essenciais para variar o comprimento e a direção do ponto. Outra parte importante é a haste do pé-calçador. Esta é tipicamente de plástico ou de metal; na prática se faz passar o fio que vem do carretel dentro desta haste. Uma máquina de costura é então composta por um seletor de tensão da linha; como facilmente entende-se a partir do nome, este controla a tensão do fio durante a costura.

Perto da agulha, deve haver um pequeno terminal de parafuso. Este parafuso é usado para manter firme a agulha durante a costura. Encontra-se geralmente à direita da agulha e parece um parafuso grande que sai do seu interior. Abaixo da agulha está o pé-calçador. Assemelha-se a um pequeno esqui e mantém o tecido firme enquanto se costura. Esse pé levanta-se e abaixa-se por meio de uma alavanca que é normalmente encontrada na parte traseira da máquina, de todo modo, próxima à agulha. Sob a agulha e o pé-calçador, temos a chapa corrediça, geralmente de cor prata, muito fácil de detectar. No seu interior, levemente saliente, temos o transportador de tecido, um guia de metal que faz deslizar o tecido durante a costura. Última parte fundamental da máquina de costura é o compartimento para a bobina e o complexo mecanismo de soltura. Desnecessário explicar em palavras como este funciona, é bastante complicado, mas você deve saber que é o que permite à sua máquina costurar!

Shopty Para você unicamente as melhores máquinas de costura com o melhor preço!